Página InicialTextos EspíritasConsagrações e apedrejamentos

31 visualizações

Consagrações e apedrejamentos

junho 3, 2021

A humildade é sinal positivo da presença de Jesus

“(…) Procuremos saber se estamos com a volubilidade
dos homens  ou com a imutabilidade de Jesus Cristo”.
– Emmanuel

A multidão que O aplaudiu em Sua entrada triunfal em Jerusalém foi a mesma que depois, O imolou em holocausto a soldo dos fariseus e da casta sacerdotal, esses pigmeus que ardiam em febres de inveja.

Enquanto Ele curava os enfermos do corpo e da Alma, dando mostras de Seu poder, a multidão carente e interesseira esteve ao Seu lado. Tão logo Se deixou suplantar pelo poder transitório e venal de Roma, ficou em soledade. Como são volúveis os homens!… Em que perseveramos hoje? Onde está o nosso tesouro? Que direção estamos seguindo? Solidarizamo-nos com a volubilidade dos homens ou com a imutabilidade do Cristo?!…

O mundo está hoje em completo descompasso com o equilíbrio, e a raiz dessa defasagem encontra-se na negligência e indiferença a que são votados os ensinamentos de Jesus.

Segundo Emmanuel (1) (…) a Providência Divina é invariável em todos os tempos. Entretanto, a atitude dos cristãos na atualidade é muito diferente… Raríssimos perseveram na doutrina dos apóstolos, na comunhão do Evangelho, no espírito de fraternidade, nos serviços da fé viva… A maioria prefere os chamados “pontos de vista”, comunga com o personalismo destruidor, fortalece a raiz do egoísmo e raciocina sem iluminação espiritual.

A bondade do Senhor é constante e imperecível.   Reparemos, pois, em que direção somos perseverantes”.

Meditemos, também, nas seguintes recomendações da veneranda Joanna de Ângelis (2): “(…) Não te esqueças d`Ele.  Recorda-te sempre da humildade.   Evita, quanto possível, o destaque, o coroamento honroso, o aplauso vazio, a consideração transitória… Nem entusiasmo excessivo no êxito, nem desencanto exagerado no sucesso.

Os que O vaiaram a caminho do Gólgota, homenagearam-nO às vésperas.

Em triunfo ou queda aparente, busca a Jesus e fala sem palavras ao Seu coração de Condutor Vigilante.

Elegendo a humildade para seguir contigo não terás os olhos para consagrações e apedrejamentos, porquanto ela te falará somente do trabalho a fazer, do caminho a percorrer, das dificuldades a transpor, das lutas íntimas a vencer, ensinando-te a desculpar e amar sem cansaço, porque a humildade em teu espírito é sinal positivo da presença de Jesus contigo na via redentora”.

Rogério Coelho

Referências:
(1) – XAVIER, F. Cândido. Vinha de luz. 19.ed. Rio [de Janeiro]: FEB, 2003, cap. 39; e
(2) – FRANCO, Divaldo. Dimensões da verdade. 5.ed. Salvador: LEAL, 2005, p. 188.

Nota do Editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://www.portaldapaz.org/Master.htm?cn=dt_p0916>. Acesso em: 03/06/21.

Rogério Coelho
Rogério Coelho

Rogério Coelho nasceu na cidade de Manhuaçu, Zona da Mata do Estado de Minas Gerais onde reside atualmente. Filho de Custódio de Souza Coelho e Angelina Coelho. Formado em Jornalismo pela Faculdade de Minas da cidade de Muriaé – MG, é funcionário aposentado do Banco do Brasil. Converteu-se ao Espiritismo em outubro de 1978, marcando, desde então, sua presença em vários periódicos espíritas. Já realizou seminários e conferências em várias cidades brasileiras. Participou do Congresso Espírita Mundial em Portugal com a tese: “III Milênio, Finalmente a Fronteira”, e no II Congresso Espírita Espanhol em Madrid, com o trabalho: “Materialistas e Incrédulos, como Abordá-los?” Participou da fundação de várias casas Espíritas na Zona da Mata Mineira.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como