Página InicialTextos EspíritasA ordem natural das coisas

255 visualizações

A ordem natural das coisas

maio 10, 2021

O espírito sopra onde quer.
(Jesus – Jo3:8)

A Vida acontece, tanto no macro, quanto no microcosmo, tutelada pelas Leis Imutáveis estabelecidas por Deus, Inteligência Suprema e Causa primária de todas as coisas.

Se, em última análise, são perfeitas, há de serem, por isso mesmo, justas e para o bem de suas Criaturas.

Nesse sentido, a diferença existente entre as vidas de cada um de Seus Filhos só pode decorrer por conta do que cada um fez, e faz de sua própria vida, através de suas escolhas, do pensamento ao ato realizado.

Fatalidade natural imposta por Deus, a perfeição e, como consequência, a felicidade, serão alcançadas, mais tempo, menos tempo, pela Criatura, de acordo com suas escolhas.

Orienta-nos o Senhor que o “espírito sopra a vida onde quer”, ou seja, escolhe onde vai nascer, e se o faz, é porque está consciente de suas necessidades, objetivos e motivos, o que resulta, naturalmente, na existência de um planejamento reencarnatório anterior a vida física.

Assim, cada um de nós está incurso em um planejamento pessoal de nossa inteira responsabilidade. A vida escolhida por nós, concedida pela Providência Divina para o nosso progresso, passa a ser a ordem natural das coisas para vivermos.

Como mudar, então, o que está nos aturdindo e desanimando? Sim, mudar, porque se Deus é justo, também é bom, e não poderia negar outras possibilidades para atingirmos o progresso.

Ouçamos os Benfeitores Espirituais que, na implantação do Consolador prometido por Nosso Senhor Jesus Cristo, responderam à questionamento feito por Allan Kardec, o Sublimado Missionário que, por sua vez, anotou em O Livro dos Espíritos, no item 860:

“Pode o homem, pela sua vontade e por seus atos, fazer que se não deem acontecimentos que deveriam verificar-se e reciprocamente?

“Pode-o, se essa aparente mudança na ordem dos fatos tiver cabimento na sequência da vida que ele escolheu. Acresce que, para fazer o bem, como lhe cumpre, pois que isso constitui o objetivo único da vida, facultado lhe é impedir o mal, sobretudo aquele que possa concorrer para a produção de um mal maior.”

Sem mais comentários, por serem desnecessários, estudemos, detalhadamente, o questionamento e a resposta, e pratiquemos o bem. Isso muda todas as coisas.

Pensemos nisso.

Antônio Carlos Navarro

Nota do autor:
(*) Grifos deste autor

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://br.pinterest.com/pin/548805904596352311/>. Acesso em: 10MAI2021.

Antônio Carlos Navarro
Antônio Carlos Navarro

Estudioso e palestrante espírita. Trabalhador do Centro Espírita Francisco Cândido Xavier em São José do Rio Preto - SP

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como