Página InicialTextos Espíritas“Enquanto é tempo!”

112 visualizações

“Enquanto é tempo!”

março 3, 2021

François C. Liran

Droga!

Quer coisa pior do que ouvir isso?!

Nunca dê essa resposta quando seu filho vier lhe perguntar alguma coisa. Se ele está questionando, querendo saber algo, não se irrite, não bote para fora o seu descontrole!

Ofereça um pouquinho de tempo ao seu garoto ou à sua garota e não seja grosseiro, respondendo com essa expressão (droga) se você estiver ocupado, nervoso ou sem paciência.

Há pais que são assim… Não têm tolerância para nada. Tudo os acabrunha e tira-os do sério. Mas logo com o seu filho você vem com uma resposta dessas?!

Lembre-se, então, das drogas verdadeiras. Seu filho poderá excluir essa possível aproximação que ele teria com você e poderá sair para as ruas, em busca de alguém que o ouça, que o entenda… Ele poderá cair nas mãos, ou na esperteza, de quem é especialista em “conversar” com adolescentes, oferecendo-lhes logo de início a primeira dose.

Pai, não brinque com uma coisa dessas!

Dê todo tempo do mundo aos seus filhos. Imite as mães, que percebem de longe o que pode estar acontecendo com suas “crianças”.

Seja mais ouvinte, mais dócil, mais equilibrado e companheiro em qualquer circunstância que seu filho quiser conversar. Deixe tudo de lado, seu trabalho, seus projetos, seus colegas de serviço, e ouça a voz dele, que é muito mais importante do que a de qualquer amigo seu.

É muito perigoso e traiçoeiro o mundo em que estamos vivendo. O poder do mal está tomando conta e manipulando o universo das drogas. Inclusive a partir do plano invisível. Há vários conluios que se juntam para aniquilar vidas e sonhos, para destruir emocionalmente famílias inteiras, para matar esperanças, para fazer morrer jovens de overdose.

Pai, seja um pouquinho mãe e junte-se a ela, para que os dois juntos sejam uma fortaleza a mais contra a possível presença das drogas dentro do universo do seu lar.

Temos graves responsabilidades para cumprir.

Nossos filhos não vieram à toa para nossos lares. Eles pertencem ao curso dos nossos destinos. São almas que necessitam da nossa proteção para resgatarem faltas passadas.

Não façamos desabar seus mundos interiores. Reforcemos suas estruturas, forneçamos algo de mais concreto para a consolidação de suas vidas, de seus sonhos. Ofereçamos nossos bons exemplos junto com os ensinamentos éticos e eternos de Jesus!

Rogério Coelho

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://www.famideal.it/blog/en/2016/08/mums-and-dads-less-time-on-your-mobile-please/ignored-child/>. Acesso em: 03MAR2021.

Rogério Coelho
Rogério Coelho

Rogério Coelho nasceu na cidade de Manhuaçu, Zona da Mata do Estado de Minas Gerais onde reside atualmente. Filho de Custódio de Souza Coelho e Angelina Coelho. Formado em Jornalismo pela Faculdade de Minas da cidade de Muriaé – MG, é funcionário aposentado do Banco do Brasil. Converteu-se ao Espiritismo em outubro de 1978, marcando, desde então, sua presença em vários periódicos espíritas. Já realizou seminários e conferências em várias cidades brasileiras. Participou do Congresso Espírita Mundial em Portugal com a tese: “III Milênio, Finalmente a Fronteira”, e no II Congresso Espírita Espanhol em Madrid, com o trabalho: “Materialistas e Incrédulos, como Abordá-los?” Participou da fundação de várias casas Espíritas na Zona da Mata Mineira.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como