Página InicialTextos EspíritasExiste em nós algo mais que matéria 

88 visualizações

Existe em nós algo mais que matéria 

janeiro 16, 2021

 

Aparecendo aos discípulos, nimbado de luz, Jesus disse: paz seja convosco! 

Chegada, pois a tarde daquele  dia,  e 
cerradas as portas, pôs-Se no meio deles.” 

                                               – João, 20:19 

 

Leciona o ínclito Mestre Lionês no livro básico “A Gênese”(1): “(…) a química, que decompõe e recompõe a maior parte dos corpos inorgânicos, também conseguiu decompor os corpos  orgânicos, porém, jamais chegou a  reconstituir,  sequer, uma folha mortaprova evidente que há nestes últimos o que quer que seja, inexistente nos outros”. 

Notemos que já começamos a vislumbrar algo mais  que matéria sem nem mesmo – ainda que superficialmente – cogitarmos  d“princípio inteligente”. 

No capítulo XI, item 6, do mesmo livro, esclarece o Mestre Lionês: “(…) as propriedades “sui generis” que  se reconhecem ao princípio espiritual provam que ele tem  existência própria,  pois que, se sua origem estivesse na  matéria,  aquelas propriedades  lhe  faltariam.   Desde  que  a  inteligência  e  o pensamento   não  podem  ser  atributos  da  matéria,   chega-se, remontando  dos  efeitos à causa, à conclusão de que  o  elemento material   e  o  elemento  espiritual  são  os  dois   princípios constitutivos do Universo”. 

* 

Naquela tarde, “cerradas as portas”, pois os discípulos tinham medo dos judeus, após o drama do Morro da Caveira, eis que Jesus apareceu-lhes, nimbado de luz, dizendo: paz seja convosco!“,  provando,  assim, que algo sobreviveu ao Seu decesso corporal... 

* 

Testemunhamos, há alguns anos, um episódio muito interessante em nossa residência, quando hospedamos nosso querido Raul Teixeira, em visita à Zona  da Mata Mineira: Ele chegou  cansado  e, à tarde, após  o  almoço, fechou-se  no  quarto  para repousar, “mantendo  cerrada  a  porta” enquanto  eu e minha filha víamos na televisão um “tape”  de  uma apresentação sua de “jazz“, juntamente com as suas coleguinhas.   Para não incomodar o visitante, tiramos o som da TV, de forma que só minha filha o escutava através de fone de ouvido.  E as danças se sucediam… 

Desligada, depois, a televisão, abre-se, mais tarde a porta, através da qual, sorridente e descansado aparece o dileto amigo.  No decurso de um pequeno lanche antes da palestra ele diz para minha filha: 

– “O tio viu você dançando na televisão”. 

Ficamos sem entender. Como?! A porta permaneceu fechada todo o tempo em que a televisão funcionava (e ainda com o detalhe do som totalmente eliminado). 

Aí Raul descreveu as cenas que se passaram, e explicou que assistiu à TV desdobrado.  O Espírito emancipado pelo sono abandonou o corpo na cama, atravessou a porta fechada e postou-se em nosso meio. Declarou, então, o amigo Raul que era a primeira vez que havia assistido televisão daquela forma. 

O episódio provou para todos nós (e há  muito não duvidamos) que existe em nós algo mais que matéria… 

Junte-se a tudo isso o testemunho de centenas de pessoas que passaram por  episódios de  “NDE”  (Near Death Experiences),  cujos  relatos  encontramos em  livros  de  vários autores,  como  por  exemplo, do Dr. Raymond  Moody,  “Life  After Life”, do professor Dr. Michael Sabom, “A Medical Investigation”, e  das  exaustivas  e centenas de  experiências  realizadas  pela célebre  psiquiatra suíça Drª. Elizabeth Kübler-Ross  com  doentes terminais, e não será difícil concluir que existe algo em  nós… Algo mais que matéria palpável!… 

Veja quem tem olhos de ver, ouça quem tem ouvidos de ouvir”!                

Rogério Coelho 

Referência: 

  1. KARDEC, Allan. A Gênese. 43.ed. Rio [de Janeiro]: FEB, 2003, cap. X, itens 16 e seguintes. 

 

Rogério Coelho
Rogério Coelho

Rogério Coelho nasceu na cidade de Manhuaçu, Zona da Mata do Estado de Minas Gerais onde reside atualmente. Filho de Custódio de Souza Coelho e Angelina Coelho. Formado em Jornalismo pela Faculdade de Minas da cidade de Muriaé – MG, é funcionário aposentado do Banco do Brasil. Converteu-se ao Espiritismo em outubro de 1978, marcando, desde então, sua presença em vários periódicos espíritas. Já realizou seminários e conferências em várias cidades brasileiras. Participou do Congresso Espírita Mundial em Portugal com a tese: “III Milênio, Finalmente a Fronteira”, e no II Congresso Espírita Espanhol em Madrid, com o trabalho: “Materialistas e Incrédulos, como Abordá-los?” Participou da fundação de várias casas Espíritas na Zona da Mata Mineira.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como