Página InicialTextos EspíritasVontade sempre acatada

78 visualizações

Vontade sempre acatada

setembro 12, 2019

Há vários provérbios (frase ou ditado curto de origem popular, que resume um conceito moral, uma norma social) que indicam que a vontade é potencial mecanismo para aquisição de nossos desejos. É pela vontade que movimentamos forças, superamos obstáculos e vencemos desafios. Sem ela nada podemos. Ela é força da alma, capaz de tirar-nos do desânimo, de empreender projetos e movimentar ações que resultem no alcance da meta ou do objetivo traçado.

Um detalhe, porém, diferencia-a em focos distintos. A vontade, por si só, é neutra do ponto de vista moral – cuja decisão é de alçada da alma, conforme suas bagagens –, pois nem sempre é ética, correta ou honesta. Existem vontades perversas, desonestas, manipuladoras e cruéis. Vontades que criam sofrimentos nos outros, prejudicam terceiros ou causam muitos transtornos. E, claro, vontades lícitas, honestas, empreendedoras, generosas, como acima afirmado.

Quanto mais conscientes tornamo-nos, portanto, mais responsáveis na direção dessa potência interior. Por isso, embora tenhamos a liberdade como atributo individual, ao mesmo tempo temos a responsabilidade por nossos atos, decisões, reações e direcionamentos da vida moral.

Afinal, como afirma Emmanuel, no capítulo 130, Na luz da Verdade, do livro Palavras de Vida Eterna:

“(…) A vontade do Espírito é acatada pela Providência, em todas as manifestações, incluindo aquelas em que o homem se extravia na criminalidade, esposando obscuros compromissos. (…)”.

Observe a profundidade da afirmação:

a) Vontade é acatada em todas as manifestações;
b) Esse acatamento inclui os extravios para a criminalidade;
c) Vincula-se a obscuros compromissos.

Em síntese: somos livres, podemos optar por esse ou aquele caminho e agir conforme determina-nos a vontade (nem sempre ponderada, correta, sábia e bondosa ou disciplinada). Mas estaremos sempre vinculados a compromissos gerados pelos caminhos escolhidos, inclusive os da criminalidade, gerando aflições e necessidades de reparações em futuro breve ou remoto.

Por isso, prudência nas escolhas e caminhos de ação, parece-nos a melhor medida. Pelo menos em respeito às sábias Leis que regem a vida. Diante dos quadros atuais do mundo, a compreensão sobre a gravidade do assunto, requer muita atenção.

Não nos iludamos, somos integrantes desse processo de viver e estamos todos conectados uns com os outros, gerando compromissos que, inevitavelmente, sempre refletirão para nossa aflição ou para a felicidade que desejamos.

Orson Peter Carrara

Orson Peter Carrara
Orson Peter Carrara

Expositor espírita, tem percorrido muitas cidades do Estado de São Paulo e já esteve na maioria dos estados do país, por várias vezes, para tarefas de divulgação espírita. Articulista da imprensa espírita, tem colaborado com diversos órgãos da imprensa espírita, entre revistas, sites e jornais do país, além de boletins regionais, no país e no exterior. Autor de treze livros, seus textos caracterizam-se pela objetividade e linguagem acessível a qualquer leitor, estando disponibilizados em vários sites de divulgação espírita.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como