Página InicialTextos EspíritasRebeldia inconsciente

99 visualizações

Rebeldia inconsciente

agosto 9, 2019

As tenazes da rebeldia nos situam nos cipoais da inércia

 “Enquanto muitos homens espontaneamente fazem-se
galés das paixões, esforça-te pela libertação íntima.”
Joanna de Ângelis (1)

O instinto de rebeldia faz parte da psique humana. Assim, no episódio de Jesus com o mancebo de qualidade narrado por Lucas (18:18 a 30), patenteia-se a má-vontade do mesmo em abrir mão de sua fortuna, rebelando-se contra o convite do Mestre.

Saulo, o terrível e impiedoso perseguidor dos cristãos, não atendia aos sutis apelos dos Espíritos amigos (Abigail e Estêvão) que o direcionava para os alvitres do Mais Alto, precisando da presença do próprio Cristo, no deserto da Síria, às portas da cidade de Damasco dirigir-lhe ostensivamente o convite para a semeadura que se fazia necessária, na condição de vaso escolhido que era.

A história da humanidade é rica em acontecimentos e narrativas desse porte, onde vezes sem conto tem o homem recalcitrado contra os aguilhões.   Mas, a misericórdia divina é infinita e, embora a nossa ancestral ignorância e má-vontade, em cada passo, encontramos as Divinas Mãos conduzindo-nos com segurança, ainda que continuemos – inconscientemente – rebeldes aos Superiores Desígnios.

Em página de peregrina beleza, convida-nos a nobre Mentora de Divaldo Pereira Franco (1): “(…) ao lado daqueles que multiplicam labores relevantes a benefício da liberação dos males que vêm assolando o homem, multissecularmente, dá a tua contribuição de paz e trabalho fazendo o melhor ao teu alcance objetivando a grandeza de todos. Esparze a luz do Evangelho e evoca os cristãos primitivos.

Engrandece a humanidade e revive os mártires d`antanho e se fores chamado ao sacrifício da própria vida por um mundo melhor e uma humanidade feliz, desapega-te da carne transitória e honra a confiança do Senhor, não permitindo que o mal triunfe, nem a usurpação se desdobre vitoriosa, ou que a selvageria se implante, senão por sobre os teus despojos, que, vencidos, refletirão a tua decisão de Espírito emancipado”.

Enredados no atavismo dissolvente, e sob equívocas justificativas, deixamo-nos atar à rebeldia inconsciente, a grande causadora de nosso atraso espiritual, causa de adiamento do trabalho da evolução e do estacionamento nefando nas pegajosas emanações dos tóxicos do desânimo e do desconforto moral. No ópio do esquecimento esfacela-se a conclamação do Meigo Pastor que nos exorta a vencer o mundo, educando-nos e crescendo para a realidade da consciência superior…

Embora a permanência na conjuntura carnal, façamos a opção por Jesus, exercitando os valores morais e vivências espirituais para que os tentáculos da rebeldia não nos situem nos cipoais da inércia, fixando em eterna e improdutiva paralisia as potencialidades do Espírito imortal que jaz dentro de todos nós, aguardando o devido cultivo na Seara do Bem.

Rogério Coelho

Referência:
(1) Página psicografada por Divaldo Franco, no C. E. “Caminho da Redenção” em Salvador (BA), no dia 17.05.72.

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://www.churchofjesuschrist.org/media-library/images/christ-rich-young-ruler-hofmann-1020802?lang=spa>.  Acesso em: 08AGO2019.

Rogério Coelho
Rogério Coelho

Rogério Coelho nasceu na cidade de Manhuaçu, Zona da Mata do Estado de Minas Gerais onde reside atualmente. Filho de Custódio de Souza Coelho e Angelina Coelho. Formado em Jornalismo pela Faculdade de Minas da cidade de Muriaé – MG, é funcionário aposentado do Banco do Brasil. Converteu-se ao Espiritismo em outubro de 1978, marcando, desde então, sua presença em vários periódicos espíritas. Já realizou seminários e conferências em várias cidades brasileiras. Participou do Congresso Espírita Mundial em Portugal com a tese: “III Milênio, Finalmente a Fronteira”, e no II Congresso Espírita Espanhol em Madrid, com o trabalho: “Materialistas e Incrédulos, como Abordá-los?” Participou da fundação de várias casas Espíritas na Zona da Mata Mineira.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como