Página InicialTextos EspíritasPor que os sintomas das doenças pioram à noite?

364 visualizações

Por que os sintomas das doenças pioram à noite?

agosto 28, 2017

Os pesquisadores ainda não chegaram à conclusão a respeito das causas, mas avaliam que os sintomas de certas doenças (não todas) se acentuam à noite em função do nosso “relógio biológico”.

Quando estamos acordados, todos os sistemas do nosso corpo estão de prontidão e exercendo sua função de forma plena. Quando chega a hora de ir para a cama, esses sistemas diminuem sua atividade, dificultando a defesa do nosso corpo. Além disso, a ação de mediadores anti-inflamatórios diminui na ausência de luz e isso facilita a reação inflamatória no nosso corpo.

Mas ainda, durante o dia, a própria ação da gravidade, bem como a movimentação muscular propicia uma melhor drenagem das secreções, facilitando a desobstrução nasal, por exemplo. Em processos alérgicos, como rinite, asma ou outras alergias, ainda podem piorar à noite, devido ao contato com os ácaros presentes em cobertores e travesseiros.

Doenças como gripes, asma, artrite, dor de cabeça, febre, insuficiência cardíaca, refluxo gástrico, por exemplo, agravam-se muito durante a noite.

Para cada uma das doenças citadas, a medicina tem uma ou várias hipóteses – quase sempre ligada à posição do corpo (deitado, horizontal), à diminuição da produção de hormônios e ao ambiente.

“Existem teorias de que poderia estar relacionado com o ritmo circadiano do corpo (ciclo de 24 horas). Níveis de hormônios, como o do hormônio do estresse (cortisol), mudam durante a noite, o que afeta as vias aéreas. Depois da meia-noite, taxas de respiração estão mais lentas, resultando em uma transferência menos eficaz de oxigênio na corrente sanguínea e do dióxido de carbono para fora do corpo através dos pulmões”.

Mas existem causas espirituais que podem piorar do quadro clínico dos doentes à noite?

No Livro “Missionários da Luz”, o Espírito André Luiz recebe a seguinte instrução do Irmão Francisco, responsável por turmas de socorro aos doentes encarnados:

“De modo geral, as condições de luta para os enfermos são mais difíceis à noite. Os raios solares, nas horas diurnas, destroem grande parte das criações mentais inferiores dos doentes em estado melindroso, não acontecendo o mesmo à noite, quando o magnetismo lunar favorece as criações de qualquer espécie, boas e más (…)”.

Podemos acrescentar, também, o papel da Obsessão na piora dos sintomas.

De acordo com Richard Simonetti, autor do livro “Quem tem Medo da Obsessão?”, a obsessão é mais intensa durante a noite, quando estamos dormindo.

Durante o sono o espírito se distancia do corpo físico, mas não fica inativo. Neste momento o encontro com entes queridos é possível da mesma forma com desafetos e Espíritos mal intencionados.

Simonetti ,cita o livro “Libertação”, psicografia de Francisco Cândido Xavier, onde o Espírito André Luiz reporta-se à experiência de uma senhora perseguida por dois obsessores que tinham duplo propósito: comprometer sua tarefa como médium e conturbar o trabalho de seu marido, dedicado dirigente espírita. Eles agiam durante a noite, hipnotizando-a.

Como sempre fazem, os Espíritos Obsessores atacam nossos pontos fracos ou, em outras palavras, nossos defeitos.

Sua ação poderá levar ao surgimento e/ou agravamento de doenças que já se manifestaram em nosso corpo físico.

A prece antes de dormir é um excelente recurso para que possamos ter bons sonhos porque nos liga aos Bons Espíritos, garantindo-nos boas companhias espirituais.

No entanto, a forma mais eficaz para estarmos ligados ao Bem e impedirmos que venhamos a ser influenciados por Espíritos perturbadores é a mudança de hábitos e costumes, nossa transformação moral.

Fernando Rossit

Notas do autor:
Referências utilizadas: Livro Missionários da Luz, pelo espírito André Luiz; Instituto Pensi, disponível em < http://institutopensi.org.br/ >, acesso em: 28AGO2017; e Dra. Fátima Rodrigues Fernandes, disponível em <www.terra.com.br>, acesso em: 28AGO2017.

Nota do editor:
Imagem ilustrativa e em destaque disponível em <https://mercado.etc.br/8-primeiros-sintomas-da-aids-que-todo-mundo-deve-saber/>. Acesso em: 28AGO2017.

Fernando Rossit
Fernando Rossit

Funcionário público, residente em São José do Rio Preto, Espírita desde 1978, trabalhador da Associação Espírita Allan Kardec, atuando como Doutrinador, Médium Psicofônico, Orador e Instrutor Cursos da Doutrina Espírita.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como