61 visualizações

Apoio Fraternal

agosto 12, 2017

Não digas que esta ou aquela criatura não necessita de compaixão.
Não nos referimos à piedade negativa que, em se manifestando, deixa os infelizes mais infelizes. Reportamonos à compreensão que nos habilita a entender as necessidades da pessoa humana e a prestar-lhe o auxílio direto ou indireto que se nos faça possível, objetivando-se lhe a sustentação do equilíbrio no grupo social que lhe seja próprio.
Encontrarás, talvez, um homem forte, em plenitude de robustez física e, provavelmente, acreditarás que ele não requisite qualquer forma de amparo. Entretanto, esse amigo, supostamente privilegiado pela natureza, pede simpatia que o mantenha na direção do bem.
A mulher ricamente adornada que supões venturosa, muitas vezes, transporta consigo pesadas desilusões, a rogarte auxílio a fim de conseguir suportar a carga de sofrimentos a que se vincula.
Quem administra espera a cooperação de quantos lhe partilhem a tarefa para que essa tarefa se derrame em amparo generalizado, em favor de todas as criaturas para as quais é dirigida.
Quem obedece solicita o concurso possível dos outros para que as sugestões da indisciplina não lhe conturbem a vida.
Os bons exigem apoio das idéias e palavras edificantes para que não se desviem da rota que o mundo lhes assinala e os maus reclamam proteção específica, a fim de que se contenha e aprendam a se desvencilhar com as forças da crueldade.
Conciliemo-nos, buscando comunicar-nos através do lado melhor que possamos apresentar em esforço recíproco, para que a parte ainda rústica de que sejamos portadores, seja burilada menos dificilmente pelos instrumentos da vida.
Concluamos, assim, que seja qual seja o caminho em que estivermos, quantos nos cruzem os passos necessitam de paz e compreensão. E, dentro do assunto, observemos que, em nos referindo a semelhantes recursos, todos nós, em qualquer posição, precisamos e precisaremos deles também.

Livro Confia e Serve

Chico Xavier, pelo Espírito Emmanuel

Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier)
Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier)

Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier (Pedro Leopoldo, 2 de abril de 1910 — Uberaba, 30 de junho de 2002), foi um médium, filantropo e um dos mais importantes expoentes do Espiritismo.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como