Página InicialMensagens Espíritas em TextoLuz no Caminho – O Livro dos Médiuns

143 visualizações

Luz no Caminho – O Livro dos Médiuns

fevereiro 21, 2017

A Agenda Espírita Brasil e a Luminar Espírita, com a missão de levar a Doutrina Espírita até você, dão inicio a página Luz no Caminho. Com a intenção de incentivar o estudo das obras básicas do Espiritismo cada dia colocaremos um trecho de um livro da codificação para leitura e reflexão!

Aproveite! Estude a Doutrina Espírita!

O LIVRO DOS MÉDIUNS

Do maravilhoso e do sobrenatural – Capítulo II

Resumo das proposições da Doutrina Espírita

1) Todos os fenômenos espíritas têm por princípio a existência da alma, sua sobrevivência ao corpo e suas manifestações.

2) Fundando-se numa Lei da natureza, esses fenômenos nada têm de maravilhosos nem de sobrenaturais, no sentido vulgar dessas palavras.

3) Muitos fatos são tidos por sobrenaturais, porque não se lhes conhece a causa; atribuindo-lhes uma causa, o Espiritismo os repõe no domínio dos fenômenos naturais.

4) Entre os fatos qualificados de sobrenaturais, muitos há cuja impossibilidade o Espiritismo demonstra, incluindo-os em o número das crenças supersticiosas.

5) Se bem reconheça um fundo de verdade em muitas crenças populares, o Espiritismo de modo algum dá sua solidariedade a todas as histórias fantásticas que a imaginação há criado.

6) Julgar do Espiritismo pelos fatos que ele não admite é dar prova de ignorância e tirar todo valor à opinião emitida.

7) A explicação dos fatos que o Espiritismo admite, de suas causas e consequências morais, forma toda uma ciência e toda uma filosofia, que reclamam estudo sério, perseverante e aprofundado.

8) O Espiritismo não pode considerar crítico sério senão aquele que tudo tenha visto, estudado e aprofundado com a paciência e a perseverança de um observador consciencioso; que do assunto saiba tanto quanto qualquer adepto instruído; que haja, por conseguinte, haurido seus conhecimentos algures, que não nos romances da ciência; aquele a quem não se possa opor fato algum que lhe seja desconhecido, nenhum argumento de que já não tenha cogitado e cuja refutação faça não por mera negação, mas por meio de outros argumentos mais peremptórios; aquele, finalmente, que possa indicar, para os fatos averiguados, causa mais lógica do que a que lhes aponta o Espiritismo. tal crítico ainda está por aparecer.

Richardson Kalil
Richardson Kalil

Formado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais, voluntário no Centro Espírita Irmão Matheus, em Belo Horizonte - MG e idealizador da página Luminar Espírita que tem por missão o incentivo ao estudo da Doutrina Espírita.
https://www.facebook.com/luminarespirita/

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como