Página InicialTextos EspíritasSchutel – pioneiro na distribuição de mensagens em cemitérios

302 visualizações

Schutel – pioneiro na distribuição de mensagens em cemitérios

novembro 4, 2016

cesar-perriCairbar Schutel (1868-1938), ex-prefeito e pioneiro espírita de Matão (SP), foi um dos grandes arautos da difusão do Espiritismo nas primeiras décadas do século XX.

Fundou o jornal O Clarim, em 1905, sendo um dos predecessores de comunicação com comunidades estrangeiras com a Revista Internacional de Espiritismo, por ele fundada em 1925, era uma espécie de Revue Spirite à brasileira, contando com autores espíritas e metapsiquistas e transcrições de diversos periódicos de vários países, com o apoio de tradutores como Ismael Gomes Braga e Watson Campello. Foi também um dos pioneiros da divulgação espírita pelo rádio, da cidade de Araraquara.

Tradicionalmente, com companheiros espíritas, distribuía mensagens e jornais no cemitério de Matão. Portanto, um dos pioneiros nessa forma de divulgação foi Cairbar Schutel que fazia questão de se deixar fotografar junto das sepulturas para atestar sua convicção na imortalidade da alma, isso nos idos das primeiras décadas do século passado, conforme noticiava O Clarim. Aliás, tal jornal chegava a ter edições de 40 mil exemplares naquelas oportunidades, porque também ele atendia à região.

Convicto e ardoroso divulgador da imortalidade da alma, próximo à sua desencarnação, Cairbar Schutel solicitou que colocassem em seu túmulo o epitáfio:

“Vivi, vivo e viverei porque sou imortal”. (1)

Cairbar Schutel foi admirador de Paulo de Tarso, e a ele dedicou um capítulo em seu livro: Parábolas e ensinos de Jesus:

“Paulo é o mais belo rebento da Arvore do Cristianismo. Dentre todos os grandes na Fé, que se distinguiram pela sua dedicação e amor à causa de Jesus, Paulo é o Espírito cuja luz ultrapassa a todos os anseios da Caridade, é a Sabedoria que excede a todas as ciências, é o prodígio de todos os prodígios, é a coragem, a energia que afronta todas as grandezas, é o Gênio inigualável de todos os tempos. […] Paulo é o primus inter pares dos porta-vozes do Cristianismo…” (2)

Antonio Cesar Perri de Carvalho

Referências Bibliográficas:
(1) Carvalho, Antonio Cesar Perri. O “bom combate” de Cairbar Schutel e Paulo de Tarso. Revista Internacional de Espiritismo. Ano XCI, n.9, Outubro de 2016.
(2) Schutel, Cairbar. Parábolas e ensinos de Jesus. 9.ed. 2ª. parte. Matão: O Clarim, 1972.

cairbar-schuteljunto-aos-tumulos-do-cemiterio-de-matao

cairbar-schutel-e-colaboradores-distribuidindo-o-clarim-no-cemiterio-de-matao

Antonio Cesar Perri de Carvalho
Antonio Cesar Perri de Carvalho

Ex-presidente da Federação Espírita Brasileira (interino de 5/2012 a 3/2013 e efetivo de 3/2013 a 3/2015); membro da Comissão Executiva e Primeiro Secretário do Conselho Espírita Internacional; Membro do Grupo de Estudos Espíritas Chico Xavier.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como