Página InicialTextos EspíritasAh, a verdade, a verdade…

99 visualizações

Ah, a verdade, a verdade…

junho 24, 2016

paulo-lara-redimensionada“Cada homem ou cada grupo de criaturas possuiu o seu quinhão de verdades relativas, com o qual se alimentam as almas nos vários planos evolutivos.” (1)

Ah, a verdade, a verdade…

Eu não sei quanto a você, mas eu me lembro perfeitamente bem aquilo que fiz quando descobri que Papai Noel nunca existiu: fui correndo contar pra minha irmã mais nova!

“- Papai Noel não existe, papai Noel não existe!

– Existe sim.

– É claro que não, sua boba, é o papai quem compra os presentes e coloca debaixo da árvore!

– Mesmo? – disse ela, começando a chorar.

– Por que você fez isso, menino? – perguntou mamãe.”

***

Ah, a verdade, a verdade…

Quanta dor já não causou? Quantas lágrimas já não foram derramadas em seu nome? Quantas vezes a verdade não foi utilizada com toda a sua força de opressão, jogada na cara de alguém?

Se você pensar bem as Cruzadas, as Inquisições, as guerras ditas santas, somente para ficar no campo das religiões, foram frutos amargos de ‘verdades’. Sobretudo da imposição delas. Sim, porque não nos satisfazemos com o nosso quinhão de “verdades relativas”, queremos impô-las aos outros.

E quantas ‘verdades’ já não abandonamos pelo caminho? Ou será que são elas que nos abandonaram, quando crescemos? Não sei quantas, mas com certeza muitas.

O problema maior, talvez, seja quando a ‘minha verdade’ se choca com a ‘sua verdade’.

Vejam os acontecimentos atuais: a ‘verdade’ ocidental (podemos chamar de ‘liberdade de expressão’) chocou-se com a ‘verdade’ oriental (podemos chamar de ‘liberdade religiosa’) e qual foi o produto disso tudo?

Brigamos, ora.

Mas brigamos por quê? Será que nossas ‘verdades’ não podem viver sozinhas? Ou,  melhor ainda, conviver com as  alheias?

Quanto às imposições das nossas ‘verdades’, gosto muito daquela passagem bíblica (2), em que o grande Gamaliel, fariseu posteriormente convertido ao Cristianismo (3), afirma que “se for verdade, por si mesma se elevará”. Referia-se ele à prisão dos apóstolos e ao julgamento de sua nova Doutrina, nos lances iniciais do Cristianismo. “Deixem os homens em paz” – dizia ele, a respeito dos Cristãos -, “soltem-nos, se procederem de Deus, vocês não serão capazes de impedi-los, pois se acharão lutando contra Deus”.

Grande sabedoria, nisso: se as ‘verdades’ forem de Deus, se de fato forem verdades absolutas, precisarão de defensores? Precisarão ser impostas? Quanto tempo conseguiremos impedir a verdade de luzir? Ela brilha por si só e por si mesma se impõe.

Portanto, é preciso ponderar a questão da maturidade.

Emmanuel faz uma bela remissão aos ensinamentos de Paulo (4), quando diz: “A nutrição de um menino deve conter a substância mantenedora da vida, mas não pode ser análoga à nutrição do adulto. A despreocupação nesse assunto poderia levar a criança ao aniquilamento, embora as substâncias ministradas estivessem repletas de elementos vitais.”(1)

Em outras palavras, a ‘sua verdade’ não alimenta todo mundo. E pode matar. Ainda que seja verdade. Bebês não comem alimentos sólidos, embora sejam nutritivos, porque o aparelho digestivo ainda não está preparado para processá-lo. Digeri-lo. Antes, aquilo irá fazer-lhe mal.

Assim também com certas ‘verdades’. Não estamos prontos pra compreendê-las e se formos defrontados por elas prematuramente, antes de nos fazer bem, prejudicará. Portanto, amigo, lembre-se de Jesus, no sermão do monte, e guarde suas pérolas para o momento oportuno (5). Ou, antes, utilize-as como guia para a sua vida, não as imponha às vidas alheias.

***

“ – Fiz e disse porque é a verdade: papai Noel não existe!”

Ah, a verdade, a verdade…

Paulo Lara

A verdade

Referências:
(1) Livro “O Consolador” (Emmanuel/Chico Xavier), questão 193;
(2) Atos 5:38-39;
(3) Paulo e Estevão (Emmanuel/Chico Xavier);
(4) 1Cor 3:2: “Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido, porque ainda não podíeis suportá-lo.”; e
(5) Mt 7:6 “Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas.”

Nota do Editor:
Imagem ilustrativa em destaque disponível em
<http://il3.picdn.net/shutterstock/videos/5045438/thumb/8.jpg>.
Acesso em: 24JUN2016.

Paulo Lara
Paulo Lara

Trabalhador da última hora junto ao Grupo Espírita Esperança e Caridade de São José do Rio Preto, Interior do estado de São Paulo.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como