Página InicialTextos EspíritasEntão, é Natal…

131 visualizações

Então, é Natal…

dezembro 24, 2015

oceander_veschiO título deste texto remete-nos à lembrança da música tradicional, que todo ano ouvimos largamente nas rádios e tevês do nosso Brasil, cantada pela ótima intérprete Simone.

O Natal é uma data muito importante no ano, por alguns motivos:

Com ele, nos lembramos da figura maior que já esteve entre nós: Jesus Cristo.

E o que faremos com esta informação? Basta apenas dizer que O ama, comer o peru na noite da ceia, emocionar-se com uma imagem que O mostra pregado na cruz, e dizer que o segue, acredita Nele?

Não, não basta…

É necessário irmos um pouco além: nesta época, os corações ficam mais cheios de boas emoções, suscetíveis a resolverem velhos impasses:

* Perdoar velhas intrigas, geralmente dentro de nossa família;
* Abraçar mais as pessoas, item que fazemos pouco durante o ano todo;
* Renovar nossa “carteirinha” de Cristão junto à Jesus, propondo-nos em auxiliá-Lo a melhorar o ambiente em que vivemos, pelo menos;
* Lembrarmo-nos daqueles que mais sofrem, infinitas vezes mais que nós: moradores de rua, pessoas que caíram no vício de drogas e bebidas, enfermos em situação crítica abandonados em hospitais, idosos abandonados em asilos, encarcerados, pessoas que vivem em locais onde a paz está longe de se estabelecer.

Precisamos lembrar-nos e, pelo menos, enviar a estas pessoas boas vibrações de amor e paz.

Dedicarmo-nos em vivenciar o Natal durante todo o ano, afinal, Jesus veio nos ensinar a viver, e isso não pode ficar restrito a poucos dias do fim do mês de dezembro. Não é mesmo?

O Natal deve ser ampliado, para os outros 364 dias do ano.

E é isso que Jesus espera de nós. Ele já está em elevadíssimo nível, e aguarda com alegria a nossa chegada até este patamar também.

Quando Ele afirmou “vós sois deuses”, não usou de metáfora, Ele nos informou que temos potencial para um dia sermos seres angelicais também.

Quando é que daremos o “pontapé inicial” e nos decidiremos em melhorar nossa maneira de receber as coisas da vida e de emitirmos o bem que podemos?

Está em nossas mãos, basta querermos e jogarmos o orgulho e o comodismo de lado.

Neste Natal abrace mais as pessoas, diga a elas o quanto você as estima, o quanto elas são importantes para você. Visite um asilo, um hospital, leve algo de comer a quem mora na penúria, na miséria. Comprometa-se com sua consciência em ser melhor o ano inteiro, e aí, no Natal do ano que vem você já estará vivenciando e colhendo os bons frutos que plantará durante todo este novo ano que se inicia.

O Mestre Nazareno esteve entre nós dentro da mais pura simplicidade, nascendo em um cocho repleto de animais, andando a pé entre as pessoas mais marginalizadas, e nos dizendo que é necessário viver de forma mais simples e com o amor transbordando em nossos corações. Ele só falou de amor.

Jesus te ama e te aguarda para sua ceia eterna de paz!

Será que estamos O amando e amando os seus irmãos?

É isso que Ele espera de nós.

Um Natal luminoso para você!

Oceander Veschi

Oceander Veschi
Oceander Veschi

Fisioterapeuta e eterno aprendiz de Jesus. Trabalha na divulgação da doutrina espírita e em diversas frentes de serviço na Associação Espírita à Caminho da Luz (AELUZ) em São José do Rio Preto - SP.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como