Página InicialTextos EspíritasA rádio que toda família pode ouvir

115 visualizações

A rádio que toda família pode ouvir

julho 18, 2015

marcus-de-marioTransmitindo esclarecimento, esperança e consolação a partir dos princípios espíritas desde a década de 1970, primeiramente para a cidade do Rio de Janeiro, em seguida para o Grande Rio e, finalmente, para o mundo através da internet, a Rádio Rio de Janeiro, conhecida como emissora da fraternidade, presta um grande e inestimável serviço para a divulgação do Espiritismo e o despertar das consciências.

Suas ondas amigas são sintonizadas em 1400 AM, com um raio de alcance de até 120 quilômetros, mas podem igualmente serem sintonizadas através do site www.radioriodejaneiro.am.br, com o diferencial de transmitir áudio e vídeo, ou seja, o ouvinte, em qualquer lugar do Brasil e do Mundo, pode ver o estúdio em tempo real, nos programas que são realizados ao vivo.

Atualmente a emissora ocupa o quarto lugar geral de audiência entre as mais de vinte emissoras que transmitem em onda média no Grande Rio, e os acessos através da internet não param de crescer, inclusive porque, através de um aplicativo gratuito, pode-se ouvir a emissora através de celulares, tablets e smartphones.

Muitos ouvintes informam que a Rádio Rio de Janeiro fica sintonizada o dia todo, transformando-se num Centro Espírita no Ar, com uma programação variada, cultural, jornalística e doutrinária, transmitindo 24 horas nos sete dias da semana.

Hoje a Rádio Rio de Janeiro, mantida pela Fundação Cristã-Espírita Cultural Paulo de Tarso (FUNTARSO), está toda modernizada, tanto os estúdios de gravação e transmissão, quanto o parque de retransmissão, utilizando sistemas digitais compatíveis com o que há de mais moderno na área de tecnologia da informação, mas para chegar a isso as lutas foram grandes, e o grande pioneiro foi Geraldo de Aquino.

Um pouco da história

Foi grande a luta empreendida por Geraldo de Aquino para a aquisição de uma emissora para os espíritas do Brasil, ideal que já era de João Pinto de Souza. Até que em 19 de dezembro de 1970, Geraldo reuniu a família espírita na Assistência Cristã-Espírita Paulo de Tarso, que funcionava à Rua César Zama, 19 – Lins de Vasconcelos, cidade do Rio de Janeiro, superlotando assim o Auditório Simão Pedro, para que, juntos, os espíritas estudassem a proposta do Dr. Luiz George de Oliveira Bello, até então proprietário da Rádio Rio de Janeiro, para aquisição daquela emissora.

Com a aprovação unânime de mais de 1.500 pessoas, teve início assim a campanha para a aquisição da emissora dos espíritas, através da Fundação Cristã-Espírita Cultural Paulo de Tarso – FUNTARSO, instituída em 05 de fevereiro de 1971.

Em 02 de agosto daquele mesmo ano, a FUNTARSO adquiria a outorga da concessão para exploração do serviço de radiodifusão, através do qual a emissora da fraternidade tornou-se o meio de aplicação da seguinte missão estabelecida por sua mantenedora: “Divulgar os postulados cristãos(-)espíritas e propugnar pela educação, cultura e formação moral e ética do ser humano, através dos meios de comunicação disponíveis”.

Geraldo de Aquino tornou-se, assim, o primeiro Presidente da FUNTARSO / Rádio Rio de Janeiro, até sua desencarnação, em 22 de março de 1984, na cidade do Rio de Janeiro. Sua história de vida verdadeiramente se confunde com a da emissora da fraternidade, bem como com a da própria radiodifusão espírita em nosso País.

O clube da fraternidade

Aproximadamente 60% dos custos/despesas da Rádio Rio de Janeiro são cobertos pela receita financeira proveniente do Clube da Fraternidade, que congrega os espíritas de todo o Brasil, como associados.

A Rádio Rio de Janeiro não veicula propagandas que disseminam vícios e que colidam com os princípios espíritas de respeito à vida e de amor ao próximo. É por isso que precisa da colaboração de todos os espíritas e simpatizantes. Por menor que seja, com a contribuição mensal a emissora garante a sua missão de divulgação dos postulados cristãos-espíritas, através da frequência de ondas médias (1.400 KHz-AM) e da rede mundial de computadores, no sentido de propiciar o progresso moral da humanidade. E como disse o Espírito André Luiz, “Sua generosidade chamará a bondade alheia em seu socorro”.

Para se associar ao Clube da Fraternidade basta telefonar para (21) 2461-1400 ou 2478-1400, ou acessar o site da emissora e preencher o formulário.

Toda família pode ouvir

A programação da Rádio Rio de Janeiro, a emissora da fraternidade, tendo a Doutrina Espírita como norteadora, pode ser ouvida por toda a família, da criança ao idoso, destacando-se em sua grade de programação os programas: Debate na Rio; Respondendo aos Ouvintes; Ouvindo Você; Destaque na Imprensa Espírita; Analisando os Fatos; Educar para Crescer; Luz na Penumbra; Falando de Espiritismo; O Planeta em Transformação; Prelúdio de Paz; Espaço Jovem; Manhã na Rio; Mulher Brasileira, entre outros.

Divulgue a Rádio Rio de Janeiro, a emissora que toda família pode ouvir. Anote o endereço na internet: www.radioriodejaneiro.am.br.

Conforme lembra-nos o benfeitor espiritual Emmanuel, através do médium Chico Xavier: “A maior caridade que praticamos, em relação à Doutrina Espírita, é a sua própria divulgação”.

Marcus de Mario

Nota do Editor:
Imagem em destaque disponível em <http://www.radioriodejaneiro.am.br/>. Acesso em17JUL2015.
Ouça a Rádio pelo site: http://www.radioriodejaneiro.am.br/

radio-rio-de-janeiro

Marcus de Mario
Marcus de Mario

Escritor, Educador, Consultor e Expositor. Diretor Cultural da Fundação Cristã-Espírita Cultural Paulo de Tarso (Rádio Rio de Janeiro). Diretor do Grupo Espírita Seara de Luz (Rio de Janeiro, RJ). Editor do site Orientação Espírita. Diretor Geral do Instituto Brasileiro de Educação Moral (IBEM).

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como