Página InicialTextos EspíritasA Transição e a necessidade de Amor

67 visualizações

A Transição e a necessidade de Amor

junho 1, 2015

andre-sobreiroSegundo Santo Agostinho (“O Evangelho Segundo o Espiritismo”, cap. III – Instruções dos Espíritos), nosso planeta se encontra em fase de transição, deixando a categoria dos mundos de Expiação e Provas e adentrando a dos mundos Regeneradores.

Recorrendo à 1ª obra da Codificação (“O Livro dos Espíritos”, 3ª parte – Das Leis Morais), encontraremos no 6º capítulo as perguntas do Codificador e as respostas oferecidas pelos Espíritos Superiores, com referência à lei de Destruição.

De acordo com essa belíssima coletânea, antes da reconstrução das bases planetárias, deve haver a destruição de parte das antigas estruturas, que certamente já estão abaladas. Desfeitos os alicerces equivocados, o erguimento do mundo novo seria possibilitado.

Sabemos também que o progresso é uma das leis naturais que regem a vida do espírito imortal, podendo ser, no máximo, postergado.

Nesse contexto, e pensando na infinita misericórdia e no sábio planejamento de Jesus, acreditamos que os irmãos que há milênios estavam “escondidos” nas furnas umbralinas estão recebendo a última oportunidade de progredir e, quem sabe, permanecer na Terra regenerada, pós-transição. Uma última encarnação nesse mundo, ainda expiatório…

Por isso, nosso objetivo com essa singela reflexão é mostrar a urgência da vigilância e do amor ao próximo, nesse momento de reconstrução. Esses irmãos retirados dos esconderijos na escuridão, em sua esmagadora maioria, têm personalidade forte, não convivem bem com o semelhante, estando acostumado ao mando, ao poder.

Nossa paciência está sendo testada e treinada nessas situações. Sem intenso amor ao próximo, dentro das bases ensinadas por Jesus e reforçadas pelo Espiritismo, não conseguiremos resistir ao bombardeio de injúrias, agressões, ingratidão, etc. Somente o amor vai nos manter fortes nesse momento de aparente desordem.

O benfeitor Emmanuel, em sua monumental obra intitulada “A Caminho da Luz”, recebera a notícia de uma terceira reunião da “Comunidade de Espíritos Puros e Eleitos pelo Senhor Supremo do Universo”, visando o planejamento da transição, pois a mesma afeta todo o sistema solar. Portanto, apesar de doloroso (para nós, que ainda não sabemos amar), o processo de renovação planetária está detalhadamente planejado! Estejamos tranquilos!

Oferecendo-nos ensinamentos seguros a esse respeito, nosso Cristo nos ensina que ‘os sãos não precisam de médico’. Sendo as almas doentes as maiores necessitadas do Médico dos médicos, os cristãos que estão em processo de evangelização própria têm o dever de amparar essas criaturas, exemplificando a paciência, a humildade, o amor… Enfim, os talentos que conquistamos em nossa jornada evolutiva. Devemos oferecer a esses irmãos menores (pois filhos do mesmo Pai de amor infinito) aquilo que queremos para nós, segundo o ensinamento oferecido por Jesus. Pagar o mal (atitudes oriundas da ignorância espiritual) com o bem é urgência máxima, na fase que o planeta nos oferece.

O Evangelho é e sempre será o nosso manual de conduta, para que possamos atravessar essa reconstrução com relativa tranquilidade. Ali encontraremos a exemplificação de Jesus, e somente amando no limite de nossas forças poderemos suportar com sabedoria essa fase.

André Sobreiro

André Luiz Iesi Sobreiro
André Luiz Iesi Sobreiro

Expositor, dirigente de estudos, trabalhador do CE Portal de Luz e da Rede Amigo Espírita.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como