Página InicialEntrevistasEntrevista com o ator Renato Prieto

124 visualizações

Entrevista com o ator Renato Prieto

julho 23, 2014

Agenda Espírita Brasil traz entrevista com o Ator Renato Prieto. Famoso pela sua atuação em Nosso Lar, como André Luiz, o artista coleciona participações em palcos de todo o país em diversas peças, sempre com a temática espírita como tom predominante. Atualmente, ele está em cartaz com a interessante peça “Encontros Impossíveis”, uma profunda reflexão sobre a nossa vida como encarnado e desencarnado. Como dito sempre por ele, Teatro espírita não é para doutrinar, é para emocionar. Emocione-se com a entrevista e com o trabalho de Renato!

renato_prietoAgenda Espírita Brasil: Renato, fale-nos um pouco de sua trajetória, de como você encontrou o Teatro, o Espiritismo e de como uniu os dois em sua vida?

Renato Prieto:  Os dois caminharam juntos, eu não me lembro, nesta encarnação, de querer outra profissão que não fosse esta para me expressar. A doutrina e o contato com o plano espiritual respondem as minhas indagações sempre.

Agenda Espírita Brasil: Gostaríamos de saber como foi a sua experiência no papel de André Luiz no Filme “Nosso Lar” e como se deu a preparação para viver esse personagem?

Renato Prieto: Experiência única e um grande aprendizado. Sou muito grato por esta oportunidade e confiança em mim depositada e a preparação feita pelo diretor Wagner de Assis e Chistian Duuvort por cinco meses até o inicio das filmagens.

Agenda Espírita Brasil: Você fez parte do movimento que trouxe a temática espírita para peças voltadas para o grande público. Como você percebe os frutos desse movimento no contexto atual?

Renato Prieto: Quando comecei era tudo muito novo e demorou um tempo para que todos compreendessem nossos objetivos. Passados 25 anos temos um público grande que nos acompanha e aos novos projetos. Já foi ultrapassada a casa de seis milhões de pessoas que assistiram aos espetáculos.

Agenda Espírita Brasil: O que caracteriza, em sua opinião, uma peça de teatro espírita?

Renato Prieto: Você precisa de uma boa história para contar, mensagens, e teatro com qualidade profissional sempre para que nossa doutrina seja bem representada. Você precisa de uma equipe competente, talentosa e unida em torno de um belo ideal.

Agenda Espírita Brasil: Além do consolo pela mensagem espírita, que outras interações da peça de teatro com o público você percebe, nesses anos de labuta?

Renato Prieto: Foi difícil, mas chegamos lá e o público compreendeu nossas intenções. Agora é continuar caminhando e fazer o melhor sempre!

Agenda Espírita Brasil: Novelas de temática espírita, peças e filmes. O Espiritismo alimenta os roteiristas de diversos segmentos. A que causas você atribui essa demanda pela produção de arte com a temática espírita?

Renato Prieto: Costumo dizer que rufaram os tambores. Chegou a hora! E nós fazemos parte deste momento. Que honra! Que alegria poder servir esta bela causa!

Agenda Espírita Brasil: Você coleciona algum “case” de fenômenos mediúnicos ocorridos ou relacionados a algum trabalho teatral que você tenha realizado?encontros_impossiveis2

Renato Prieto: Acontecem muitos, mas é preciso lembrar, quando chego ao teatro ou set de filmagens, preciso estar concentrado no personagem e no texto. Este é meu foco. Faço minha parte e sei que a espiritualidade maior está sempre presente cuidando de todos nós.

Agenda Espírita Brasil: Em sua opinião, via de regra, a peça de temática espírita deve estar vinculada a arrecadação de recursos para ações assistenciais? Como você vê essa questão?

Renato Prieto: Desde o inicio do projeto sempre estive envolvido com obras assistenciais. Já ajudamos mais de 2000 instituições. Ajudar é sempre bom, e o teatro ajuda a todos com sua mensagem, a bilheteria ajuda as instituições e o projeto para que não pare.

Agenda Espírita Brasil: Muitas casas espíritas têm o seu grupo de teatro, alguns singelos, outros mais sofisticados. Que conselhos você dá aos trabalhadores da causa espírita que labutam no campo teatral?

Renato Prieto: Recomendo que estudem e se preparem, façam cursos, faculdade de artes cênicas, aulas de voz, aulas de canto, pois para servir pelos caminhos da arte não adianta só ter boa vontade e amor, é preciso talento, dedicação, perseverança, humildade, paciência, tenacidade e etc.

Veja vídeo-convite da peça em cartaz “Encontros Impossíveis”:

Márcio Pereira de Souza
Márcio Pereira de Souza

Servidor Público, reside em São Paulo, capital e atua como colaborador na Agenda Espírita Brasil, juntamente com vários outros colaboradores de todo o Brasil que, voluntariamente, ajudam na divulgação da Doutrina Espírita.

Deixe aqui seu comentário:

Divulgue seu evento conosco.
É rápido, fácil e totalmente gratuito!

+ Clique e saiba como